Fidelidade das Araras – Adilson Zamba

Contos, textos e crônicas que apresentam de forma crua a inconstância da vida, abordando as mudanças que podem ocorrer de uma hora para outra dentro de nós ou mesmo no mundo que nos cerca. Histórias reais, de pessoas reais.


A culpa que a água leva e a esperança que a vida traz.”

Nome: Fidelidade das Araras
Autor: Adilson Zamba
Páginas: 96
Editora: Reformatório


Em “Fidelidade das Araras”, o leitor é brindado com textos cotidianos que abordam como a vida está em constante mudança, seja dentro de nós ou a nossa volta. Mudanças estas, que muitas das vezes, estão fora de nosso alcance e controle.

Aqui, os textos falam sobre fins e recomeços, abordando a empatia como um alicerce para fazer de nós, seres humanos, pessoas melhores. Cada história apresenta uma reviravolta que evidência o quanto a vida é inconstante, que nem sempre se está no topo, assim como nem sempre se está no fundo.

Com o tempo, percebi que pequenos exageros tornam-se definitivos e os distanciamentos inevitáveis.”

São crônicas que exploram a vida como ela é; destacando toda a fragilidade do ser humano e a forma como é possível se reerguer mesmo quando parece impossível. Textos reais, que apresentam histórias reais de pessoas reais.

Os escritos de Adilson Zamba expõem histórias que não são minhas ou suas, mas de todos nós. Porque, com certeza, já vimos ou ouvimos algum desses relatos em algum lugar, em algum momento.

Aqui destaco as Cinco Crônicas que mais chamaram a minha atenção:

Você lê?

Um menino entra em um ônibus para vender suas mercadorias. Em um papel, está escrito tudo que ele não consegue falar, seja pela vergonha de pedir ou devido a alguma circunstância desconhecida. Aqui, acompanhamos os pensamentos de três passageiros distintos e o desenrolar dessa história.

Afinal, vício é vício. Uma hora você também encontra o seu.”

Esse foi um dos textos mais potentes que li nessa antologia, não apenas isso, foi um dos mais reais e que me deixou com um aperto no peito. Isso porque é de uma realidade tão crua e dolorosa que é impossível não pararmos, refletirmos e repensarmos algumas de nossas atitudes.

Minha quarentena

A quarenta fez com que todos nos adquiríssemos hábitos que não tínhamos antes. Alguns descobrem em si mesmos a habilidade da observação e como esta pode ser um ótimo exercício para o cérebro. Assim como muitos, o personagem dessa narrativa se pega observando da sua janela um simples escorregador.

Assim como ontem, observo o escorregador amarelo com sua rampa vermelha.”

É impressionante como um escrito de apenas um parágrafo pode falar tanto com a gente. O que eu gostei dessa narrativa é de como ela, sendo tão curta, consegue ser tão profunda e ainda apresentar uma analogia as mariposas e a associação que muitos fazem com o azar.

Chama no Zap Zap

Um dia comum no emprego e em um momento de folga, um rapaz envia uma mensagem apaixonada para sua esposa, enquanto observa o que seus colegas de escritório estão fazendo ao redor dele. Porém, as coisas estão bastante confusas e estranhas, existe algo acontecendo, e parece que não é nada bom.

Acredito que a hereditariedade seja um amontoado de recordações.”

E esse é o conto que resume bem o que eu falo como “inconstância” da vida. Aqui, simplesmente temos aquele “destino” que prega peças em nós quando menos esperamos, e de uma hora para a outra, tudo em nossa vida muda. É um conto que faz refletir sobre como realmente não estamos em uma linearidade constante, mas sim em uma eterna não-linearidade inconstante.

Retalhos de Irene

Uma moça está se arrumando para receber o primo distante em casa, ela e sua avó ficam felizes com a chegada do rapaz. Mas o que era uma felicidade constante, pode vir a mudar devido as garras afiadas e longas do destino que não deixa ninguém quieto por muito tempo. É assim, que a vida da moça muda e o seu sorriso se apaga.

Vovó ensinou que vida é troca. Quanto mais dá, mais recebe. Duvido um pouco. Vai saber. Trocar alegrias é melhor que dúvidas.”

Outro conto que aborda com maestria a inconstância da vida. Aqui temos uma história que segue feliz até mais ou menos a metade, evidenciando como as coisas que estão boas podem mudar com uma notícia repentina. Nessa narrativa, fica evidente que a vida não é uma linha reta que se pode caminhar sem medo de tropeçar, mas sim uma estrada tortuosa que a qualquer instante pode ter um buraco para ser superado.

Agosto

Após receber um diagnóstico terrível de seu médico, um homem dá a notícia para a esposa que fica abalada com a situação. É então que o senhor começa a divagar sobre a vida e o futuro. Se apegando na fé, ele inicia suas preces desesperadas para o Santo Expedito, pedindo para que o divino interceda em sua vida.

Tudo é mera casualidade. Engano pensar o contrário. A busca por explicações genéticas, análises empíricas ou mapeamento das estruturas anatômicas apenas comprovam a irracionalidade da existência.”

O que gosto nessa narrativa é o fato de como a é explorada e abordada, além de ser uma trama que evidência o quanto o desespero se torna crescente frente a notícias ruins. Aqui, vivenciamos a dor e a angustia do personagem, assim como aprendemos um pouco com a sua fé inabalável. O fato é, que torcemos para que de algumas forma, tudo dê certo para o homem.

Com textos curtos, mas profundos “Fidelidade das Araras” é aquele tipo de livro que lemos rápido, mas que ainda assim, consegue proporcionar reflexões acerca da vida e de sua inconstância. A obra perfeita para quem quer uma leitura rápida, mas, ainda assim, potente.


Gostou do livro?
Quer adquirir?
Compre através do nosso LINK da Amazon!


Lembrando que ao adquirir a obra através do nosso Link, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a trazer cada vez mais conteúdo legal e bem trabalhado para vocês.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s